Dubai investe bilhões em energia renovável

Avalie este Artigo

Parque solar de 5.000 megawatts pode abastecer até 1,3 milhão de residências

Dubai investe bilhões em energia renovável

Sob o sol da Arábia, um esforço monumental de construção está progredindo. Localizado no interior do deserto de Dubai, o Parque Solar Mohammed Bin Rashid Al Maktoum – em homenagem ao vice-presidente e primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos – continua a crescer e acaba de passar outro marco.

Em seu oitavo ano de desenvolvimento, as imagens de satélite já dão uma sensação de escala: quilômetros de energia fotovoltaica dispostos ao longo de linhas leste-oeste limpas. Uma vez terminada, a Autoridade de Energia e Águas de Dubai (DEWA) disse à CNN que o investimento de 50 bilhões de Dirham (US$ 13,6 bilhões) poderia abastecer até 1,3 milhão de residências, reduzindo as emissões de carbono em 6,5 milhões de toneladas por ano.

Anunciado pela primeira vez em 2012 e com uma data de conclusão prevista para 2030, o parque solar de 5.000 megawatts levará três vezes mais tempo para terminar como o Burj Khalifa. As fases um e dois, já concluídas, compreendem 2,3 milhões de painéis fotovoltaicos com capacidade de 213 megawatts. A fase três, em construção profunda, acrescenta mais de 3 milhões de fotovoltaicos e outros 800 megawatts, e será concluída em 2020, segundo a DEWA.

Mas depois de anos se espalhando pelo chão do deserto, o projeto solar está agora subindo com a quarta fase – talvez o desenvolvimento mais ambicioso até agora.

Depois de inaugurar em março de 2018, a base agora está completa para o que a DEWA afirma ser a mais alta torre de energia solar concentrada (CSP) do mundo.

Ele usará espelhos chamados helióstatos para concentrar a luz do sol no topo da torre, a fim de aquecer um fluxo de sais fundidos. O calor é usado para alimentar turbinas a vapor, gerando eletricidade.

A Estratégia de Energia Limpa de Dubai 2050 está trabalhando para gerar 25% de sua produção de energia a partir de fontes limpas até 2030 e 75% até 2050 – o equivalente a uma capacidade de 42.000 megawatts.

Fonte: http://opiniaoenoticia.com.br

Comentários Facebook