Energia Solar. A Energia do Futuro!

Energia solar alavanca capacidade instalada no Ceará

Estado acrescentou 81 megawatts (MW) em capacidade instalada em 2019

 

O Ceará adicionou 81 megawatts (MW) de capacidade instalada de geração elétrica por meio de sistemas de energia solar em 2019, com três projetos de usinas fotovoltaicas, de 27 MW de potência cada, localizados em Aquiraz. Os dados são da Agência Nacional de Energia Elétrica Elétrica (Aneel). Entre eólicas e solares, a promessa é que o Estado adicione 1,368 gigawatt (GW) à matriz energética nos próximos anos.

Agora, o estado conta com 4,4GW de capacidade total instalada, respondendo por 13,3% do potencial eólico do Brasil, com 2,054 GW; 8,8% do potencial fotovoltaico, com 218 MW; e por 5,2% da matriz termelétrica brasileira, com 2,158 GW de potência instalada.

A fonte solar continua como protagonista nos projetos do estado. Para os próximos anos, serão adicionados mais 1,368 GW à sua matriz elétrica, referentes a empreendimentos com construção ainda a ser iniciada, sendo 28 usinas fotovoltaicas (920,8 MW), 14 usinas eólicas (327,6 MW) e 120 MW de cinco parques eólicos em construção em Fortim.

O Brasil adicionou 7,246 gigawatts (GW) de capacidade instalada de geração elétrica, fechando o ano com uma potência fiscalizada total de 170,071 GW. Segundo a Aneel, o acréscimo ultrapassou a meta para o ano de 5.781 GW. As hidrelétricas continuam liderando a energia gerada no País, com um total de 4.839 MW em empreendimentos inaugurados ou concluídos no ano passado.

Um grande avanço foi das eólicas, com um incremento de 971 MW, superior aos 776 MW acrescidos em usinas termelétricas. As usinas solares fotovoltaicas de grande porte também acrescentaram 551 MW à matriz brasileira no ano. Os 3.870 empreendimentos de energia solar em operação já são responsáveis por 1,46% da potência fiscalizada no País, e os 629 de empreendimentos de energia eólica, por 9,04%.

As pequenas centrais hidrelétricas adicionaram 184 MW e as centrais geradoras hidrelétrica somaram 10 MW ao potencial do País. O Pará foi o Estado que acrescentou maior potência instalada no ano passado, com 3,666 GW, seguido por Mato Grosso do Sul (817 MW), Bahia (575 MW), Paraná (407 MW), Rio Grande do Sul (353 MW), São Paulo (301 MW), Maranhão (172 MW) e Amazonas (142 MW).

Ainda segundo a Aneel, 8.905 usinas estão em operação no país com a previsão de um incremento para os próximos anos de 26,8 GW, referente aos 239 empreendimentos em construção e de outros 438 empreendimentos com construção não iniciada.

Fonte: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel 

Orçamento:  https://www.kerosol.com.br/energia-solar-fotovoltaica/

 

× Como podemos ajudar?